quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Contas

Faltam dois dias para fazer um mês de existência deste blog e do início da minha RA. Hoje achei que seria o dia propositado para divulgar aqui alguns dos meus ideiais sobre a alimentação. Ou seja, alguns dos meus princípios base que sigo (podem não ser perfeitos) para perder peso mantendo saúde.

Na MINHA OPINIÃO, o sucesso está na nossa capacidade de controlar a quantidade do que comemos e não só na qualidade do que ingerimos. Isto tendo em conta, obviamente, que todos temos uma alimentação equilíbrada. Ou seja, independentemente da educação alimentar que tenhamos tido, hoje em dia praticamente toda a gente sabe o que nos faz bem ou faz mal. Mas também é certo que comer um pedaço de chocolate uma vez em 15 dias não nos mais fazer horrores (como dizia o outro).

Eu defendo que devemos optar sempre por uma alimentação o mais saudável possível e isso significa abolir exageros e evitar aquilo que sabemos que só nos fará mal.

É desta forma que tenho guiado a minha alimentação. Claro que a medicação que estou a tomar também me tem cortado apetites e compulsões alimentares.

Por exemplo, antes de ontem fiz uma sopita caldo-verde com batata mas sem qualquer tipo de enchidos. Ora, se as batatas que tenho lá em casa foram semeadas, tratadas e apanhadas pelo meu pai porque não hei-de eu de as comer? Como-as, mas menos.

Mais um exemplo, ontem num supermercado de baixos preços reparei que um iogurte líquido de marca branca tem apenas mais umas míseras 10 calorias do que outro light de marca conceituada com o dobro do preço. Acabei por comprar o de marca branca.

Entendem-me?

Mas falando mais positivamente...no último mês, graças às Migas que visito quase diariamente, ganhei força para: deixar de comer fritos, gelados, muitos chocolates, muitos doces, basicamente aboli a palavra muito.
Comecei a fazer gelatina regularmente (sim...porque quando dou por isso, os alarves lá de casa já a devoraram toda). Mas gelatina normal, sem ser light. Comecei a beber um pouco mais de água do que já bebia, a beber chá (mas ainda muito pouco), a preferir legumes (tomate, cogumelos, feijão verde, etc), a consumir mais cereais e a fazer mais lanches.
O exercício físico é que continua a ser escaso mas eu sei que isso é passageiro...é 'fruta da época' e a mosca Tsé-tsé a atacar...

Beijo migas!

e opinem!

3 comentários:

Chou disse...

Oi!
Eu estou a seguir a mesma via que tu: abolir o muito. Acho que é assim que resulta e se eliminarmos por completo alimentos da nossa dieta, iremos ter ou ataques de "fome" ou acabaremos por deixar a dieta e voltar a ganhar peso quando começarmos a ingerir de novo esses alimentos excluídos por nós aquando a dieta.
Penso que devemos seguir uma dieta equilibrada para toda a vida e deixar essas que até podem dar resultados no início, mas depois só nos deixarão ficar mal... e não sou só eu que digo, já li vários artigos de médicos, nomeadamente nutricionistas e endocrinologistas, onde dizem que as pessoas devem optar por este método para perder peso e mantê-lo a longo prazo.
Já no que toca à sonolência, tenho muita sorte pois raramente sou atacada por esse espécimen de mosca :P mas quando me ataca, ataca mesmo! Quase que durmo acordada! xD

Ana Sofia disse...

Olá... Gostei do teu post d hj qu revela que tás a olhar cd x c + maturidade a tua dieta.
D facto axo k o facto d abolires a palavra muito é um gd passo. Até pk kd s sabe o k faz mal ou não, o k s deve ou não comer e já s faz uma alimntação nestes termos a kestão é mm na qtd. Tdavia, faço só uma ressalva (k até creio n s aplicar a ti) citando o k um médico endocrinologista me disse:1º importa saber em comer em qualidade, mas mm k as qtds sjam elevadas, só + tar a qtd é relevant.

Bjs

Vânia disse...

Ol� Miga!!! Adorei essa das migas...realmente faz-me lembrar nas belas migas que a minha av� faz...mas como ela mora no alentejo e so vou l� quase de 3 em 3 meses, n�o faz mal comer isso cada vez que l� vou...:p
Olha concordo totalmente contigo...eu tamb�m estou a evitar as coisas que fazem mesmo mal, e a comer menos, mas mais vezes...aguinha anda sempr euma garrafinha comigo, e nas aulas ent�o, � a minha companheira de carteira...j� me habituei a beber durante as aulas! :)
So falta mesmo o exercicio fisico n� mas vais ver que qdo o tempo melhorar,j� ficas com outro espirito e com mais vontade ir dar umas voltinhas...:)
Beijinhos*****e porta bem...:P