quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Poderosa.

Sem vergonhas nem sentimentos de culpa, sinto-me, quando faço exercício, isso mesmo: poderosa.

Hoje pedi para correr 30 minutos (o que nem sempre é permitido porque também há mais gente no ginásio a querer usar as passadeiras). Corri sempre a 8 km/h (com a frequência cardíaca no tal sítio ideal para queimar) e no fim, acelerei dois minutos a 12 km/h. É um soltar de energia, stresse, ansieadades, medos, receios...sei lá! E só me apetece gritar ao sentir tanto poder a sair das minhas pernas e de todo o meu corpo! É tão libertador!

Os sprints finais já os tenho feito, mas nunca tinha feito um depois de 25 minutos a correr. E senti-me tão bem!

O desporto que tenho praticado tem-me, de facto, feito muito bem. Sinto que se não fosse ele já teria tido mais uma recaída da depressão. E olhem que já estive bem perto disso nos últimos dias! O exercício tem sido o meu trampolim que me tem colocado em cima novamente e ajudado a combater todos os problemas pessoais que me têm afectado. Acreditem!

Sexta-feira tenho uma consulta na minha médica de família. Vou "enconstá-la à parede" sobre o meu colesterol e falar-lhe das minhas dores de costas lombares que me têm atormentado e não é pouco. Gr!

Beijos gaijas! E garra nas transformações!

8 comentários:

Erase Pounds disse...

Estou numa de aprender ou começar a correr. Já consegui outro dia 10 minutos no ginásio, mas quero faze-lo na rua, talvez 30 minutos logo pela manhã. Vejo o que correr te traz, tb quero essa boa sensação. Beijinhos e continua a dar tudo!

Gabriela F. disse...

Eu não consigo correr esse tempo todo, mas tento caminhar um pouco e dar uma corridinha pra ir acostumando aos poucos, mas é muito bom, uma sensação bem gostosa!
Beijoos =D

Borboleta Azul disse...

parabéns por teres corrido tanto tempo, eu não consigo correr assim tanto...
mas o exercício faz-nos realmente bem não só ao corpo mas tamb´rm à alma...

beijo

Jóh disse...

é assim mesmo que te deves sentir! eu também me sinto assim por isso te entendo ;) força nisso! **

Lilith disse...

eu sempre soube que tu eras uma gaja poderosa, nunca tive dúvidas e é uma maravilha chegar aqui e perceber que tu agora também os vês (nem que seja apenas quando corres) :) inspiras-me imenso e vai ser um orgulho enorme fazer a maratona ao teu lado!

beijos :)

Paula disse...

Como consegues correr com dores lombares?Foi por isso que parei...

Luna Leve disse...

Paula: as dores sinto-as quando conduzo ou estou sentada ao computador...mesmo que me coloque bem na cadeira, dói-me. Mas quando faço exercício...nunca me dói! Estranho, não é?

Lilith: MARATONA??????? Epá, nã te estiques! Vai uma corrida da mulher e e...já é bem bom! eheheh beijos

Ana J. disse...

Boa! Assim é que é! ès uma inspiração. Tenho mesmo de começar a correr... só não sei quando, pois não tenho muito tempo (desculpas...). Força, soma e segue ;)

ana