segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Somos o que comemos e é bem verdade...

Aqui eu…vou assim andando, sei lá!

Na pesagem de sábado a balança anotou menos umas gramas (68,1Kg). E eu pensei…boa! Já perdi metade da estupidez que aumentei que tive na semana passada.

Hoje sinto-me inchada. É segunda-feira e é normal. É resultado de domingo. Sempre cheio de porcarias alimentares. Ontem o almoço foi cozido à portuguesa…o tão nosso inimigo do coração Tuga. Ainda que tenha comigo SÓ couves, um pedaço de carne de vaca e duas rodelas de chouriço e fugido a sete pés da farinheira, da carne de porco, das gordurangas e dos restantes enchidos…’tou super inchada e nem os anéis me ficam bem nos dedos.

Conclusão: Não seria tão mais fácil ouvir o meu corpo e os seus gritos de alerta? Afinal…ele até nem é mau de todo. Só se queixa quando lhe dão aquilo não faz bem.

Hoje é dia de fazer as pazes com ele. Já foi 1,5l de água, um batido, uma maçã e duas tostas. A seguir vai um chá de ervas.



Esta vai ser a semana da organização!

Como tenho as tardes livres, já estruturei uma série de tarefas que têm a ver com a alimentação, de forma a conseguir, nas outras semanas em que saio mais tarde, comer melhor. Esta semana vou fazer e congelar em doses individuais hambúrgueres de soja e feijão azuki cozido.

Depois, vai ser só tirar do congelador, assar ou aquecer, acompanhar com salada e lá terei um jantarinho rico em proteínas e bastante saudável.

Alguém tem mais ideias para partilhar?

Beijo e boa semana!

1 comentário:

boneca de porcelana disse...

Uhm, o fim-de-semana é o martírio de todas nós mas parece-me que hoje já estás a tomar as rédeas e agora é continuar!