quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Medo.

O que é que se sente quando: toda a vida lutei contra os quilos a mais, as compulsões, os deslizes, a preguiça, a roupa apertada e agora me vejo…

...’viciada’ no desporto, sem vontade de comer doces, calças a cair e a meta lá ao fundo?

Medo. Medinho.


Vou-me já preparando psicologicamente para fazer o que prometi a mim mesma e às minhas entranhas quando pesasse menos de 64kg.

5 comentários:

Cláudia disse...

Olá! Não é preciso ter medo!:D
Agora começam a vir as coisas boas! É só saber aproveitá-las!
Beijinho

Alex disse...

Medo? ORGULHO!!
:)
Muitos parabéns pelo novo peso e claro pela nova menina mais desportista :p

Lisa disse...

medo oh tonta?? váaa juizo e continha!!! beijinhosss

80nuncamais disse...

minha querida,

percebo bem o teu medo. Não estou nem perto da minha meta(55 kg, imc 25) peso neste momento 67 kg, imc 31, mas vim dos 90 kg, com imc 41... e se me perguntares o que mais temo neste momento na vida é de voltar a ser mesmo obesa. E quando isso acontece, quando me dá aquele medinho vou ao guarda-roupa e visto umas calças pretas de quando tinha 90 kg. Vejo quanto emagreci e isso dá-me um novo boost!
Um abraço,
Sofia

Miss Betterme disse...

Compreendo-te muito bem... mas acho que tens de enfrentar esse medo com muita convicção de quem está a ganhar uma guerra!
Bjs