quarta-feira, 21 de março de 2012

Os meus primeiros 10km (que não foram bem, bem, bem, bem 10, mas pronto)

O desafio foi feito na segunda-feira nos nossos habituais treinos pela aldeia. Se dois elementos do grupo tinham feito aquela distância no domingo de manhã, que tal fazermos também esta terça-feira? Ok, combinado. Às 17h15m partimos. Fomos três e nenhum de nós tinha já feito tanto quilómetro de seguida.

Quanto a mim, nos primeiros 12 minutos já não acreditava que conseguisse chegar ao fim de metade do percurso (era chegar a um ponto com 4,7 km e voltar para trás para outros 4,7 km num total de…façam as contas, tchanan, 9,4 km!!!).

Foi duro. Foi num caminho de gravilha com alguns carros a passar e nós a comer pó. A custar a respirar. Os pés a tropeçar nas pedrinhas soltas e a meio caminho já a minha mini hérnia discal a queixar-se, mas eu nem lhe liguei. “Hás-de te habituar minha sacaninha!”

E prossegui. Aos 40 minutos de corrida (nunca tinha feito mais que isso) comecei a entrar em euforia e o meu cérebro a aparvalhar. Não sei bem como, mas não me calava e só dizia parvoíces à minha colega de corrida (que caminhou grande parte) e ainda tinha fôlego para dizer umas asneiritas ao pessoal que passava de carro a abrir e a fazer pó. Grrr!!!!

Depois de ter abastecido – a garrafa de água ficou escondida num ponto de referência, a cerca de dois km do fim – comecei a definir metas virtuais: é só até entrar no alcatrão, é só até fazer 60 minutos, é só até ao colégio, é só até àquele poste, é só até casa (ponto de partida) e assim sendo, nunca parei. Aliás, até fui desafida pelo meu amigo a fazer um sprint final. Carédo!!!! E consegui!!!

F***-s*!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Consegui mesmo!!!!!! Em 1h05m percorremos 9,4km!!!

Mas…espera lá….”se eles fizeram o mesmo percurso e dizem que correram 10km, porque raio é que nós vamos dizer que fizemos menos??? Ora! Claro que fizemos 10km!!! E em menos dez minutos que eles!!!”

Sentimentos depois de concluído o treino: Senti-me nas nuvens e psicologicamente muito bem. Fisicamente doía-me as costas (também me doía a cabeça por causa da menstruação e por isso cedi a tomar um analgésico antes de ir domir), custava-me a andar mas ainda fui jantar à casa da sogra um belo cozindo à portuguesa!!!! Sim, só comi carne de vaca, carradas de couves e uma cenoura. Good girl!!!

E dormi mesmo bem!

Marca: 9,4km em 1h05m (pode dar vontade de rir, mas foi a primeira ok?)

8 comentários:

Lilith disse...

vontade de rir? dá é vontade de aplaudir e continuar a correr até fazer igual: maravilha! ah ganda gaja, é assim mesmo :) imparável!
beijos :)

p.s. - OBrigada pela dica dos vestidos, vou vê-los!

Smiley disse...

Puxa! Fiquei cansada só de imaginar...
Parabéns...

Carla disse...

Èláaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... Parabéns!!!

Corre como uma menina disse...

Parabéns!! 10km já é muita fruta! Estás a evoluir num instantinho!
E 1h05 a correr não dá vontade de rir a ninguém! É uma grande conquista.

Beijinhos

NewMe disse...

Bolas! Incrível é um eufemismo! Parabéns! :D 1h a correr não á pra todos e tu conseguiste fazê-lo com distinção.

Inspirational :D

Beijo grande *

Pizza disse...

Como é que ainda não tinha vindo ao teu blog?
PARABÉNS!!!
10 km é pa grandes Mulheres e tu és uma de certeza :D:D:D

Pizza disse...

Eu tb adoro correr, e o meu máx foram 12 km... qd faço uma corrida longa. Por norma corro 8 km 2x por semana para "treinar"

beijinhos vou seguir

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Não dá nada vontade de rir! Mas sim de sorrir com essa tua alegria, absolutamente legítima!

Correr é muito bom! Atingir um nível de conforto e corrermos para cima de uma hora, dá-nos essa sensação bestial de bem-estar, de euforia, de injecção de ânimo!

Muito bem! Continua! E vais fazer os Sininhos com uma perna às costas