terça-feira, 3 de abril de 2012

E passou-se a correr…

Literalmente. A minha primeira participação numa corrida a sério, com dorsal, pagamento, partida e meta. Foram 6,4 quilómetros (segundo me disse a organização) à chuva, com piso escorregadio, e cheia de gente à minha volta.

Como a prova em que participei (a outra principal tinha 15km) não era classificativa nem tínhamos chips nos ténis a apitar na meta, valeu-me o meu assistente do dia (leia-se, o meu gaijo) a contar (!!!) as mulheres que iam chegando à meta antes de mim.

Fui a 53ª a cortar a meta em 41:00. (Ok, ok, ok, eu sei que podia ser melhor mas pelo menos atingi os meus objectivos que eram fazer tudo a correr e chegar ao fim, sã e salva sem pés torcidos).

Fiz o percurso todo com dois dos meus companheiros de corrida na aldeia.

Corri pelas estradas por onde passo todos os dias de carro e nunca reparei como são a subir!!

Fisicamente, tive dois momentos em que estive prestes a desistir e começar a andar mas o meu orgulho - perante os meus colegas anos mais novos que eu - não deixou. Prossegui sempre, abrandei o ritmo por diversas vezes mas nunca parei. Já estava a morrer quando chegámos ao 4º quilómetro onde, a partir dali, nós regressávamos em direcção à meta e os sinos seguiam para mais 10 quilómetros!!! (Grandes malucos!!!)

A chegada à meta foi tão rápida (não em velocidade, mas em instantes) que quase não tive tempo de apreciar o momento. Só ouvia palmas e incentivos das bancadas (a meta era na pista de altetismo de um estádio), ríamos os três, e virei-me para o meu gaijo para a foto!

É de facto um sentimento muito difícil de explicar e só quem passa por ele é que o compreende, não é?

Depois de alongar ficámos nas bancadas a ver os restantes atletas a chegar à meta (Sinos e Sininhos) e conheci a Maria Sem Frio Nem Casa. Muito simpática e querida que, depois de ter corrido os 15km ainda me deu umas palavras de incentivo! Obrigada!


Em suma, foi uma óptima experiência. Foi um momento meu. Um objectivo a que me propus em Fevereiro. Treinei para isso, tanto física como psicologicamente. Amo o meu gaijo por me ter acompanhado e apoiado, pois ele também fez, em tempos, a travessia da ponte 25 de Abril. Fomos depois almoçar à beira-mar e quebrar os domingos rotineiros. Foi delicioso! E uma entrada em grande nos meus 31 anos!

Oh para nós:

5 comentários:

Mokas disse...

Parabéns atrasados...espero que tenhas passado um excelente dia de aniversário.
E parabéns pela conquista...estiveste muito bem...um dia corro como tu :) bjts

Pizza disse...

Então muitos muitos parabéns!
Tu mereces sem dúvida toda a felicidade que sentiste nessa manhã porque esforçaste-te e conseguiste uma coisa TUA em benefício TEU!

E deixas-te me ainda mais motivada para também participar numa prova!

:)

e parabéns pelo tempo, eu acho q foi muito bom!

beijinhos e continua com boas corridas

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Muitos Parabéns atrasados!!! Ia no carro já de regresso a casa e estava a contar o nosso episódio, e aí é que me lembrei "A Luna Leve faz anos hoje!!" - mas na altura a falar contigo, esqueci-me complementa. Desculpa :)

Gostei muito que me tivesses abordado e de trocarmos aquelas breves palavras. É sempre bom conhecermos quem aqui na net, seguimos, acompanhamos e preocupamos etc..

E tu, menina de olhos doces e rosto simpático, fizeste uma óptima prova!!! 53ª ??? É muito bom! E bom principalmente porque conseguiste alcançar aquilo a que te desafiaste! E tudo conseguirás assim tu o queiras e empenhes!!

E esse orgulho de que falas quando tinhas vontade de andar, não é mais que a nossa força para vencer! Podemos dessitir ou... continuar a lutar! Na Corrida e em tudo na Vida!!!

Olha, gostei muito de te conhecer, assim por breves instantes, e espero continuar a ver-te por aí a corre, e aqui, onde sempre venho porque gosto!

Um beijinho e continua a correr! Porque é bom e nos faz bem!

Ana Pereira

Corre como uma menina disse...

Parabéeeens! Foi muito bom! (Agora ficaste viciada nas endorfinas da corrida, confessa! :p )
E boa forma de iniciares os 31, sem dúvida!

Beijinhos**

Lilith disse...

que vitória maravilhosa, inspiras-me imenso e também quero fazer algo do género :) parabéns, lindona!

beijos :)